Prefeitura de Itatiba

01/08/2014 - 06:50:30
top_noticias
Itatiba vai ganhar usina modelo de reciclagem
Qui, 12 de Setembro de 2013 11:05

rota_reciclvel_1
A principal ação do programa será a construção de usina de reciclagem modelo, em área de 1.146 m².

A Prefeitura de Itatiba e a Concessionária Rota das Bandeiras assinaram na manhã de quarta-feira, dia 11 de setembro, um convênio para a construção de uma usina de reciclagem modelo. A ação faz parte do projeto Rota Reciclável, que prevê a total reformulação no sistema de coleta seletiva da cidade e a conscientização da população sobre a correta destinação do material reciclável. "O ganho para a cidade é enorme, com benefícios para o meio ambiente, a qualidade de vida da população e a profissionalização da Cooperativa Reviver", disse o Prefeito João Fattori.

A principal ação do programa será a construção de uma usina de reciclagem modelo, implantada em uma área de 1.146 m² cedida pelo município. O local será moderno, com pátio de manejo com áreas para recebimento e armazenamento de material, vestiários, refeitório e área de lazer. Toda a mão de obra será dos 30 cooperados da Cooperativa Reviver. Todos os trabalhadores que quiserem serão aproveitados no projeto e, caso haja necessidade, alguns novos poderão ser incluídos.

A capacidade de trabalho da Cooperativa Reviver hoje é de cerca de 130 toneladas de lixo por mês. Com a nova realidade, a expectativa é de que eles consigam triar, prensar e destinar até 220 toneladas de lixo reciclável a cada mês, oferta suficiente para atender todo o município de Itatiba e mais todo o lixo reaproveitável recolhido ao longo dos 297 km de rodovias do Corredor Dom Pedro.

reviver_cooperativa
Toda a mão de obra será dos 30 cooperados da Cooperativa Reviver, que passarão por capacitação

Além da construção da usina e seleção dos trabalhadores, o projeto prevê atuar em outras duas frentes: conscientização e profissionalização. Diante do conceito de que quanto mais a população de Itatiba separa o lixo reciclável, mais a Cooperativa terá matéria prima para trabalhar, o Rota Reciclável prevê um trabalho de abordagem porta a porta para mostrar o trabalho dos cooperados e explicar os benefícios do reaproveitamento. O itinerário percorrido será o mesmo da coleta seletiva já realizada na cidade.

Capacitação

Para garantir um aumento de renda aos cooperados, o projeto prevê também uma consultoria de negócios ao longo dos próximos 15 meses, sendo 10 meses antes da mudança para a nova usina e mais cinco já dentro da nova realidade. O treinamento prevê ainda o manejo do novo maquinário, totalmente doado pela empresa Tetra Pak, e a utilização de equipamentos básicos de segurança. Com isso, estima-se um aumento de renda de até 50% por cooperado ao final do projeto.

A expectativa de mudança de vida emocionou os trabalhadores durante o anúncio do projeto. Vilmar Dionísio, 36 anos, largou a profissão de serralheiro industrial para dar proveito ao lixo, função que lhe dá prazer, diz. "Trabalho com recicláveis porque gosto, por vocação. Poder fazer isso em condições humanas, numa empresa de verdade, vai ser um sonho", afirmou. Fabiana Alves Bassi, 33 anos, Parque San Francisco, Presidente da Cooperativa Reviver há três anos diz que "pelo projeto apresentado pelo Prefeito João Fattori e pela Rota das Bandeiras estamos contando com uma grande melhoria para todos nós da Cooperativa e estamos muito agradecidos por tudo. Vai melhorar muito em tudo, principalmente em relação a equipamentos e espaço de trabalho, e nós todos da Cooperativa estamos amando esta notícia".

rota_reciclvel_4_1
Fabiana, Presidente da Cooperativa Reviver há três anos diz que "pelo projeto apresentado pelo Prefeito João Fattori e pela Rota das Bandeiras estamos contando com uma grande melhoria para todos nós da Cooperativa e estamos muito agradecidos por tudo"

A usina ficará pronta em dez meses a partir da obtenção de licença de construção por parte da Prefeitura. Segundo a parceria entre Prefeitura e Rota das Bandeiras, após 15 meses, o projeto passa a ser independente, totalmente administrado pela Cooperativa e com supervisão de órgãos do município. O investimento é de R$ 1,5 milhão. "Itatiba vem sendo uma grande parceira. O Rota Reciclável é um projeto com a cara da Organização Odebrecht, com perfil socioeconômico e ambiental. Estamos orgulhosos em fazer parte deste momento e hoje a festa é de vocês", disse o Diretor-presidente da Concessionária, Irineu Meireles.

Meio Ambiente

Esta nova parceria vem ao encontro das iniciativas Município VerdeAzul e Cidades Resilientes. "O cuidado com o descarte de recicláveis pode evitar problemas de alagamento decorrentes de bocas de lobo e bueiros entupidos. Por isso, essa modernização da coleta seletiva e, principalmente, a conscientização da população, faz de Itatiba uma cidade resiliente", disse o Prefeito Fattori.
A parceria firmada pela Prefeitura e a Rota das Bandeiras também poderá melhorar ainda mais a posição do de Itatiba no ranking do Programa Município VerdeAzul por atender às diretivas relativas a resíduos sólidos, lixo, educação ambiental e cidade sustentável.

 

Acompanhe

Agenda de Eventos

<<  Agosto 2014  >>
 D  S  T  Q  Q  S  S 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920
24252627282930
31      
_
banner_atribuicao_aula
banner_aux_transporte
banner_infovia
banner_telefone_adaptado
banner_parquimetro