Prefeitura de Itatiba

01/11/2014 - 05:05:55
top_noticias
DESENVOLVIMENTO: Itatiba ganha mais visibilidade na RMC
Ter, 08 de Outubro de 2013 11:38

2013.10.08_panoramicas_itatiba_3
O município é um dos que mais cresce e vem atraindo empresas na região, uma das mais importantes do País.

O município de Itatiba vem ganhando cada vez mais visibilidade pelas medidas tomadas pela atual administração para incentivar a vida de novas empresas e o consequente crescimento da economia e qualidade de vida local. "Itatiba já começa a sentir os benefícios do Progride, já somos a terceira cidade que mais cresce no País e novas empresas querem vir para cá. Podemos afirmar seguramente que Itatiba entrará nos próximos anos num ritmo de prosperidade em que jamais esteve", disse o Prefeito João Fattori.

Na última semana, de acordo com pesquisa divulgada pela Fundação Seade e reproduzida pelo jornal Correio Popular de Campinas no último dia 4 de outubro, dos 19 municípios que compõem a Região Metropolitana de Campinas (RMC), Itatiba é citada em quinto lugar entre as cidades mais atrativas para a instalação de empresas, com investimentos de R$ 382,19 milhões, tendo entre os maiores empreendimentos a Subestação Elétrica JMalucelli Energia (R$ 97,78 mi) e fábrica de Autopeças Cummins (R$ 198,20 mi).

O mesmo jornal, no último dia 28 de setembro, destaca a lei de incentivos fiscais do Progride (Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico do Município) da Prefeitura de Itatiba como atrativo para a vinda de novas empresas para a cidade. A publicação cita a também a mudança da unidade da BorgWarner de Campinas para Itatiba, que inaugurou neste ano uma nova planta com 20 mil m² de área construída, num investimento de R$ 70 milhões.

E o município aguarda muito mais investimentos que virão nos próximos anos com a construção do corredor viário que está sendo implementado para interligação de Viracopos ao porto de São Sebastião. O corredor será via de escoamento da produção de empresas instaladas na RMC e sua infraestrutura poderá ser utilizada por empresas que se instalarem na Rodovia Dom Pedro I, que liga Itatiba a Campinas. A Rota das Bandeiras, concessionária que administra a rodovia, confirmou ao Correio Popular que recebe semanalmente consultas de empresas interessadas em se instalar às margens da D. Pedro I, o que evidencia a atratividade da região onde Itatiba tem lugar estratégico por ter acesso às regiões metropolitanas de Campinas, Jundiaí e São Paulo.

Infraestrutura

2013.10.08_transferencia_maquinas_borgwarner_8

A infraestrutura do município também vem sendo preparada para receber empresas de grande porte e que necessitam de rodovias de acesso rápido para escoamento de produção. A duplicação da Rodovia Constância Cintra, além de desafogar o trânsito entre Itatiba e Jundiaí, facilitará a logística das empresas instaladas e se instalando no Distrito Industrial ‘Alfredo Rela' e também àquelas que optam pela implantação às margens da Rodovia Dom Pedro, como é o caso da BorgWarner e da Queensberry. A Rota das Bandeiras divulgou o término das obras para o primeiro semestre de 2014. Também está em fase de conclusão de projeto para licitação no início do próximo ano da duplicação da Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira, que liga Itatiba ao município de Bragança. O projeto integra o plano estadual de desenvolvimento e melhorias das estradas da região de Campinas.

2013.10.08_desenvolvimento_pref_4
O Prefeito Fattori em visita às obras de duplicação da Rodovia Constâncio Cintra no trecho próximo ao trevo de Louveira

 

2013.10.08_desenvolvimento_1
Prefeito Fattori na inauguração da BorgWarner neste ano. A unidade em Itatiba possui 20 mil m² de área construída, num investimento de R$ 70 milhões

 

Progride

2013.10.08_transferencia_maquinas_borgwarner_11
Várias empresas estão se instalando na cidade por meio do Progride

O crescente volume de recursos destinados ao município é resultado dos incentivos criados pelo Progride, que garante às empresas que vierem a se instalar em Itatiba a possibilidade de receber auxílio financeiro na forma de isenção que pode chegar a ser igual ao valor investido na construção, aquisição ou locação de sua planta. Além de atrair novas empresas, gerando novos empregos, o programa garante o aumento no repasse do ICMS para a cidade.

O que a princípio parece apenas uma forma de atrair indústrias para a cidade, faz parte de uma bem arquitetada estratégia que está criando uma nova era, uma nova etapa no desenvolvimento da cidade. "O projeto itatibense promete servir de modelo para outras cidades. Cuidados especiais foram tomados para que as empresas contempladas venham a integrar a sociedade e não simplesmente fazer dinheiro em cima das isenções. Cuidados como o perfil não poluente das empresas, a preferência pela mão de obra de Itatiba, o licenciamento dos veículos na cidade e outros", complementa o Prefeito Fattori.

 

Benefícios


Os benefícios concedidos às empresas têm como base o que elas agregam no valor do ICMS repassado à cidade. As isenções podem chegar a ser iguais ao valor investido na construção, aquisição ou locação de sua planta. O prazo máximo para receber o benefício é de dez anos para locações e 20 anos no caso de construção ou aquisição de planta.

As empresas que já estão instaladas no município também podem se beneficiar caso ampliem suas unidades na área produtiva e agreguem novos valores no recolhimento de ICMS.

De forma resumida, o projeto prevê isenções de até 100% dos impostos municipais, com exceção do Imposto Sobre Serviços, este com redução de até 50% da alíquota, limitada à alíquota mínima de 2%; isenção de taxas e emolumentos incidentes sobre a construção ou ampliação das instalações; isenção de taxa de licença de localização e fiscalização; isenção de taxa de licença de funcionamento; e ainda incentivo econômico, a ser concedido após dois anos do efetivo início das atividades do empreendimento econômico empresarial, cuja base de cálculo corresponderá ao valor adicionado ao município pelo empresário ou sociedade empresária beneficiada e que servirá para a definição do Índice de Participação dos Municípios no produto de arrecadação do ICMS.

2013.10.08_vista_da_cidade_9

 

Acompanhe

_
banner_atribuicao_aula
banner_aux_transporte
banner_calendario
banner_infovia
banner_telefone_adaptado
banner_parquimetro